Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Uso do ensaio paralelo ssmico na avaliao do comprimento de uma estaca protendida na Baixada Santista


Tiago de Jesus Souza; Paulo Scarano Hemsi; Otvio Coaracy Brasil Gandolfo; Paulo Cezar Oaki


Resumo:

O presente artigo tem por objetivo mostrar a aplicabilidade do ensaio Paralelo Sísmico (PS) para avaliar o comprimento de uma estaca pré-moldada de concreto protendida executada na Baixada Santista. Ao combinar os dados medidos em campo, durante o ensaio, com resultados que foram simulados a partir de uma formulação teórica desenvolvida, foi possível avaliar a faixa de comprimentos da estaca. O ensaio Paralelo Sísmico apresentou-se como uma alternativa viável para a avaliação de estacas em solos moles. No entanto, nesse contexto geológico, algumas limitações do ensaio PS devem ser consideradas, dado que a presença do solo mole provoca uma maior atenuação da energia das ondas durante o ensaio e o fato das estacas tenderem a ser mais longas nesse tipo de estratigrafia também contribui para a diminuição do sinal captado ao longo do ensaio.


Referência:
SOUZA, Tiago de Jesus; HEMSI, Paulo Scarano; GANDOLFO, Otávio Coaracy Brasil; AOKI, Paulo Cezar. Uso do ensaio paralelo sísmico na avaliação do comprimento de uma estaca protendida na Baixada Santista. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MECÂNICA DOS SOLOS E ENGENHARIA GEOTÉCNICA, GEOTECNIA E DESENVOLVIMENTO URBANO, 19., 2018, Salvador. Anais... 7 p.

 
Publicações técnicas