Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Anlise crtica entre mtodos de mapeamento de riscos a escorregamentos na Vila Baiana, municpio de Guaruj, SP


Priscila Taminato Hirata; Eduardo Soares de Macedo


Resumo:

No Brasil, os métodos mais usuais de mapeamento baseiam-se geralmente em análises qualitativas, devido, entre vários motivos, à inexistência de bancos de dados de desastres confiáveis. A partir de 2003, foram iniciados os Planos Municipais de Redução de Riscos (PMRR), que se utilizam de um método de mapeamento de riscos geológicos desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas e publicado conjuntamente com o Ministério das Cidades em 2007. No ano de 2013, foi proposto um novo método de mapeamento de riscos, elaborado pelo Projeto de Gestão Integrada de Riscos e Desastres Naturais junto ao Serviço Geológico do Brasil. Este estudo faz uma análise crítica entre estes dois métodos de mapeamento de riscos a escorregamentos aplicados numa área da Vila Baiana no município de Guarujá–SP. Foram comparados os resultados do Plano Municipal de Redução de Riscos de Guarujá, com os obtidos da aplicação do novo método descrito no manual de Mapeamento de Perigo e Risco a Movimentos Gravitacionais de Massa de 2018.


Referência:
HIRATA, Priscila Taminato; MACEDO, Eduardo Soares de. Análise crítica entre métodos de mapeamento de riscos a escorregamentos na Vila Baiana, município de Guarujá, SP. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE REDUÇÃO DE RISCOS E DESASTRES, 3., 2019, Belém. Anais... 9 p.

 
Publicações técnicas