Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Efeito do campo magntico na precipitao de carbonato de ccio na presena de ons divalentes: 2-efeito de estrncio e do brio


Wagner Aldeia; Sila Derenzo; Rafael Loureiro de Mello Gallo; Kleber Lanigra Guimares; Natanael da Rocha dos Santos; Carlos Alberto da Silva; Fabiano Ferreira Chotoli; Andr Leibsohn Martins


Resumo:

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito dos íons de estrôncio (Sr2+) e bário (Ba2+) na precipitação do carbonato de cálcio, aplicando-se ou não campo magnético no sistema. Foram realizadas precipitações contínuas em condições ambientes. O campo ortogonal aplicado possuiu uma intensidade de 16 Tesla. Foram utilizadas soluções com concentrações de 40.000 mg/L de Ca2+ e 2.000 mg/L de HCO3-. Os teores de estrôncio foram de 33 mg/L e 1500 mg/L e os de bário de 28 mg/L e 280 mg/L. Foram retiradas amostras em intervalos de 5 a 120 minutos, posteriormente analisadas por difração de raios X e microscopia eletrônica de varredura. Para a concentração de 33 mg/L de estrôncio verificou-se que, tanto na ausência quanto na presença do campo magnético, não ocorreu alteração ao longo do tempo na proporção entre as fases polimórficas. Entretanto, a presença desse íon favoreceu em cerca de seis vezes a formação da calcita em relação ao ensaio sem a sua presença. Além disso, a elevação do teor de estrôncio para 1.500 mg/L resultou na formação quase que absoluta de calcita, tanto na presença quanto na ausência do campo magnético. Nos ensaios com as duas concentrações de bário observou-se que este íon também favoreceu a formação de calcita, quando comparado com o resultado sem bário. Em nenhum ensaio verificou-se a presença de aragonita. A presença de bário possuiu efeito relevante, uma vez que o teor de calcita nas condições iniciais dos ensaios variou entre 70 e 85% para concentrações de 28 mg/L e 280 mg/L nos ensaios sem campo, passando ao final de 2 horas para teores entre 34 e 97%, respectivamente. Já na presença do campo esses valores foram de 50 e 16%, passando ao final de 2 horas para 88% e 60%.


Referência:
ALDEIA, Wagner; DERENZO, Silas; GALLO, Rafael Loureiro de Mello; GUIMARÃES, Kleber Lanigra; SANTOS, Natanael da Rocha; SILVA, Carlos Alberto da; CHOTOLI, Fabiano Ferreira; MARTINS, André Leibsohn. Efeito do campo magnético na precipitação de carbonato de cálcio na presença de íons divalentes: 2 - efeito de estrôncio e do bório. In: ENCONTRO NACIONAL DE CONSTRUÇÃO DE POÇOS DE PETRÓLEO E GÁS, ENAHPE2019, Serra Negra. Anais... 8 p.

 
Publicações técnicas