Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Avaliao do ensaio de ultrassom de juntas soldadas de tubulaes em superfcies jateadas


Mario Henrique Fernandes Batalha; Murilo C. Monteiro; Bertrando R Rabello.; Daniel Almeida Pereira; Manfred R. Richter


Resumo:

O ensaio de ultrassom tem grande relevância na inspeção estrutural de soldas e componentes na indústria de Óleo & Gás, em função da maior exigência de segurança para a operação das instalações, assim como da maior rapidez exigida na geração de resultados com localização e dimensionamento mais preciso de descontinuidades. Esta característica do ensaio de ultrassom o tem colocado como o principal ensaio para aplicações tanto Onshore como Offshore notadamente para avaliação de juntas soldadas. Para a correta aplicação do ensaio e posterior análise das informações oferecidas pela aparelhagem é necessário, além do prévio conhecimento do objeto a ser inspecionado, seguir requisitos específicos definidos em normas, que inclui a condição de acabamento superficial da área de varredura dos cabeçotes. As normas aplicáveis, via de regra, recomendam apenas que a referida área esteja livre de respingos e/ou outras irregularidades que possam dificultar a livre movimentação dos transdutores e, por consequência, prejudicar a transmissão do sinal ultrassônico. Após extensa pesquisa na literatura atual disponível, constatou-se que não há trabalhos a respeito da quantificação do impacto da qualidade superficial, especificamente a rugosidade, na capacidade de identificação de defeitos pelo método de inspeção por ultrassom com as técnicas phased array e ToFD. Dessa forma, este artigo propõe uma análise correlativa da qualidade do ensaio de ultrassom utilizando a tecnologia do phased array e ToFD em diferentes faixas de rugosidade geradas por meio do processo de jateamento abrasivo em tubos de aço carbono, especificamente entre 45 μm a 100 μm. Este intervalo é comumente utilizado na indústria de Óleo & Gás para preparação superficial de componentes que passarão por processos de proteção anticorrosiva subsequente. Os resultados obtidos demonstram que apesar da grande variação do perfil de rugosidade, este de forma geral, não impactou negativamente nos resultados do ensaio de ultrassom por phased array e ToFD.

Referência:
BATALHA, Mario Henrique Fernandes; MONTEIRO, Murilo C.; RABELLO, Bertrando R.; PEREIRA, Daniel Almeida; RICHTER, Manfred R. Avaliação do ensaio de ultrassom de juntas soldadas de tubulações em superfícies jateadas. In: CONGRESSO NACIONAL DE ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS E INSPEÇÃO, 38.; CONFERENCIA INTERNACIONAL SOBRE EVOLUCIÓN Y EXTENSIÓN DE VIDA E QUIPOS INDUSTRIALES, 22., 2021, São Paulo. Anales..



 
Publicações técnicas