Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Anlise geoqumica de solos superficiais de uma rea contaminada com hexaclorociclohexano (HCH)


Duilio Rondinelli; Alexandre Muselli Barbosa; Giiulliana Mondelli


Resumo:

O artigo apresenta a análise geoquímica associada ao tratamento estatístico dos dados de uma investigação dos solos superficiais de uma área contaminada por isômeros de hexaclorociclohexano (HCH). A área de estudo localiza-se em Santo André – SP, Brasil, e possui 7 células com cerca de 3 m de profundidade, construídas para armazenamento de resíduos contendo HCH. Ao todo, foram coletadas 94 amostras de solo superficial nos condomínios vizinhos à área das células e 83 amostras no entorno imediato das células. Uma análise estatística com base nas concentrações obtidas em replicata dos isômeros α, β, γ, e δ por meio de cromatografia gasosa foi realizada, determinando-se que os valores de background são aqueles correspondentes ao Percentil 50 e que as anomalias são correspondentes ao Percentil 95. Desta forma, foi possível obter os mapas de isolinhas de concentração para cada isômero e compará-los com os valores de intervenção disponibilizados pelas agencias ambientais. De maneira geral, as áreas das anomalias acima do Percentil 95 superam as áreas das plumas de contaminação (considerando valor de intervenção para uso residencial), conforme esperado, indicando que a análise geoquímica é mais abrangente a favor da segurança. Observa-se também que existe uma tendência de as amostras consideradas anômalas e contaminadas se sobreporem nas mesma áreas e/ou pontos de amostragem, para os diferentes isômeros de HCH investigados, o que confirma a validade tanto do método estatístico empregado como da amostragem, conservação e análises empregadas. Conclui-se que este tipo de análise pode ser empregado em apoio à investigação em casos de contaminação de áreas complexas, que possuem diferentes tipos de poluentes, de fontes, solos, rochas, bacias hidrográficas, e sofreram muitas intervenções antrópicas ao longo do tempo.

Referência:
RONDINELLI, Duilio; BARBOSA, Alexandre Muselli; MONDELLI, Giiulliana. Análise geoquímica de solos superficiais de uma área contaminada com hexaclorociclohexano (HCH). Revista Brasileira de Geologia de Engenharia e Ambiental, v.10, n.1, p.8-26, 2020.

Acesso ao rtigo no site do Periódico:
https://www.abge.org.br/downloads/1_ANALISE%20GEOQUIMICA%20DE%20SOLOS%20SUPERFICIAIS.pdf

 
Publicações técnicas