Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Paleoambientes e caracterizao tecnolgica para fins cermicos da Formao Araatuba no Vale do Rio Santo Anastcio, Bacia Bauru, SP


Daniel Seabra Nogueira Alves Albarelli; Alessandro Batezelli; Marsis Cabral Junior


Resumo:

A Formação Araçatuba abriga rochas essencialmente pelíticas de ambiente lacustre, à Bacia Bauru(Cretáceo Superior), com ocorrências no centro-oeste do estado de São Paulo. Diversos trabalhos já foram realizados sobre esta formação nas regiões de Vales dos rio Tietê, Aguapeí (ou Feio)e do Peixe, com enfoques estratigráficos e sedimentológicos. Levantamentos pprospectivos recentes de argila para suprir o setor de cerâmica vermelha e no oeste do estado permitiram a identificação de afloramentos pelíticos deste unidade no vale do Rio Santa Anastácio. Através da descrição de seções colunares e análise de fácies, foram identificados tres ambientes deposicionais (lacustres, fluvial efêmeroe eólico), cuja sedimentação ocorreu em clima árido e semi-árido. O ambiente lacustre recebia esporadicamente sedimentosde rios efêmeros e fluxos de lama em períodosde chutorrenciais, sendo colmatadopor depósito eólicos (dunas e ripples) nos periódicos de seca. As análises laboratoriais de caracterização cerâmica mostraram resultados satisfatórios para uso dos horizontes oelíticos como matéria-prima para fabricação produtos de cerâmica vermelha.


Referência:
ALBARELLI, Daniel Seabra Nogueira Alves; BATEZELLI; Alessandro; CABRAL JR., Marsis. Paleoambientes e caracterização tecnológica para fins cerâmicos da Formação Araçatuba no Vale do Rio Santo Anastácio (Bacia Bauru, SP). Geociências, v.34, n.4, p.784-800, 2015.  

 
Mais sobre esta unidade
 
Contatos
  • Central de Relacionamento com o Cliente
  • ipt@ipt.br
    Tel.: (11) 3767-4000