Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Valorao de perdas econmicas de desastre no Estado de So Paulo


Alessandra Cristina Corsi; Paulo Brito Moreira de Azevedo (CIME)


Resumo:

Entre o período de 1998-2017 as perdas econômicas diretas associadas a desastres foram avaliadas em US$ 2,9 bilhões. No Brasil entre os anos de 1995 e 2014 foram contabilizadas perdas totais de R$ 182,7 bilhões. No período analisado para o Estado de São Paulo de 2013-2016 dos dados preenchidos pelos municípios no Sistema S2ID da Secretária Nacional de Defesa Civil, no Formulário de Informações de Desastres, os danos materiais informados foram da ordem de R$ 1,1 bilhão, os prejuízos econômicos públicos em torno de R$758 milhões e os privados de aproximadamente R$667 milhões. O total de danos materiais ocasionados por desastres naturais foi da ordem de R$ 1 bilhão e com relação aos desastres tecnológicos ao redor de R$ 89 milhões. Os prejuízos públicos ocasionados pelos desastres naturais foram de aproximadamente R$ 756 milhões enquanto relacionado aos tecnológicos girou entorno de R$ 2 milhões. Os desastres naturais e tecnológicos causaram prejuízos ao setor privado de aproximadamente, R$ 665 milhões e R$ 2 milhões respectivamente. Dentre os eventos relativos aos desastres naturais os que mais causaram danos materiais e prejuízos econômicos foram os hidrológicos e meteorológicos.

Referência:
CORSI, Alessandra Cristina; AZEVEDO, Paulo Brito Moreira de. Valoração de perdas econômicas de desastre no Estado de São Paulo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE REDUÇÃO DE RISCOS E DESASTRES, 3., 2019, Belem. Anais... 9 p.

Documento está protegido com senha, solicite ao Atendimento/Biblioteca-DAIT/IPT. Logar na BiblioInfo Biblioteca-DAIT/IPT para acessar o texto em PDF:
https://escriba.ipt.br/pdf_restrito/176297.pdf 

 
Mais sobre esta unidade
 
Contatos
  • Central de Relacionamento com o Cliente
  • ipt@ipt.br
    Tel.: (11) 3767-4000