Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Unidade de negócios   > Materiais Avanados

MA - Materiais Avanados


Fatores como o advento do setor aeroespacial e a rápida industrialização em todo o mundo têm aumentado a demanda global por materiais com alto desempenho. Dessa forma, o desenvolvimento de materiais está associado à expectativa de uso final e ao desempenho requerido. Esse desenvolvimento leva em conta requisitos fundamentais como o aumento da vida útil e o ciclo de vida dos produtos e materiais, o uso sustentável dos recursos naturais, o respeito ao meio ambiente e o bem estar da população. O tema ‘Materiais Avançados’ é naturalmente associado à agregação de valor e está diretamente ligado ao uso de novos materiais e melhoramento de processos, cujo resultado seja convertido em melhoria das propriedades físicas e químicas dos materiais tradicionais, criação de propriedades funcionais, bem como o seu potencial de reciclagem e de conversão em matéria-prima secundária.

Alinhada à tendência mundial, a Unidade de Negócios Materiais Avançados está estruturada para apoiar o mercado no desenvolvimento de materiais ou modificações, melhoria de propriedades, otimizações e concepção de processos produtivos ou seleção inteligente de novos materiais, possibilitando novas funcionalidades que aumentem a competitividade dos materiais tradicionais e que resultem em menor impacto ambiental.

Com uma atuação em materiais que remonta à sua própria fundação e, por ser uma Unidade Embrapii no tema Materiais de Alto Desempenho desde 2012, os resultados dessas atividades no Instituto materializam-se em inovações, melhorias incrementais e disruptivas em processos e produtos de empresas, com destaque para os setores de mineração, siderurgia, óleo e gás, papel e celulose, energia e automotivo.

A Unidade de Negócios Materiais Avançados conta com equipe multidisciplinar de profissionais qualificados e reconhecidos no mercado, e dispõe de estrutura laboratorial ampla para a realização de P&D&I, serviços tecnológicos e ensaios/análises. Sua atuação abrange desde a modelagem matemática, física e fenomenológica até a experimentação em escala piloto. Os conceitos da Indústria 4.0 ou Manufatura Avançada são constantemente aplicados aos projetos desenvolvidos. Também integra as competências desta unidade o desenvolvimento de rotas tecnológicas para a obtenção de matéria-prima secundária a partir de rejeitos e resíduos, tendo como base principal o conceito da economia circular.

As equipes e a estrutura laboratorial da unidade estão organizadas em quatro laboratórios: Laboratório de Corrosão e Proteção (LCP), Laboratório de Celulose, Papel e Embalagem (LCPE), Laboratório de Estruturas Leves (LEL) e Laboratório de Processos Metalúrgicos (LPM).

Devido à inter e à multidisciplinaridade desta temática, a Unidade de Materiais Avançados atua em parceria com universidades e outros centros de pesquisa, além de outros laboratórios do próprio IPT, como forma de aproveitar e complementar combinações criativas de experiências, tecnologias, processos e materiais. A forma de atuação visa ainda criar modelos de negócios, parcerias e colaborações, por meio do desenvolvimento de projetos, incluindo arranjos com pequenas, médias e grandes empresas e startups, além de fomentos a pesquisas nacionais e internacionais.



Assuntos relacionados

 
 

Notcias

 

Artigos Tcnicos

 

Livros