Laboratrio de Corroso e Proteo



Um dos primeiros do Brasil, o Laboratório de Corrosão e Proteção (LCP) tem uma vasta experiência no desenvolvimento de projetos de pesquisas aplicadas e de serviços tecnológicos, atua fortemente como um elo entre a academia e os vários setores da indústria brasileira, destacando-se óleo & gás, biocombustíveis, energia elétrica, mineração, siderurgia, indústria química e petroquímica, infraestrutura, saneamento básico e logística, especialmente o modal dutoviário. Além de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, tem atuação destacada de apoio às indústrias nacional e internacional, oferecendo serviços tecnológicos altamente especializados. Somente para o setor de óleo & gás, já foram contabilizados mais de 100 projetos.

O laboratório tem representação nos principais organismos nacionais e internacionais relacionados com corrosão, incluindo comissões de normalização, organização de congressos e seminários e uma produção científica que ultrapassa 300 publicações técnicas.

O LCP está estruturado em subáreas: projetos de PD&I, serviços tecnológicos especializados, ensaios & análises e ensino. Tem uma capacitação técnica multidisciplinar e uma infraestrutura física e de equipamentos organizada e atualizada, que permite desenvolver projetos de grandes impactos em diversas áreas. A área de análises de falhas do laboratório é considerada uma das mais bem estruturadas e tradicionais do Brasil, com um amplo histórico de apoio à indústria nacional e um acervo tecnológico de mais de cinco mil casos estudados.

Organismos nacionais e internacionais relacionados com corrosão: ABRACO, ABNT, NACE, International Corrosion Council - ICC.

Veja nossa solução tecnológica em Análises de Falhas.


As principais competências do laboratório envolvem:

  • Corrosão interna, corrosão externa, proteção catódica e monitoramento da corrosão;
  • Corrosão pelo CO2 e H2S, incluindo escoamentos multifásicos;
  • Ataque por hidrogênio (HT/HA);
  • Ensaios dinâmicos e loops de corrosão;
  • Corrosão em alta pressão e alta temperatura (HT/HP);
  • Corrosão associada a esforços mecânicos;
  • Revestimentos metálicos e orgânicos;
  • Inibidores de corrosão;
  • Corrosão microbiológica;
  • Corrosão na indústria da construção civil e de infraestrutura;
  • Corrosão atmosférica, incluindo em exposição offshore;
  • Nanotecnologia aplicada à proteção contra a corrosão;
  • Análises de falhas associadas à corrosão;
  • Análises de falhas associadas a esforços mecânicos e a materiais;
  • Caracterização e desempenho de materiais metálicos e revestimentos orgânicos.


Diferencial para o cliente

São seis mil metros quadrados de área de laboratórios e equipamentos modernos como microscópios eletrônicos de varredura FEG e FIB, microscopia Raman, força atômica, confocal, difratometria de raios-X, autoclaves, máquinas de BTD, loops comuns e multifásico, laboratório flutuante em atmosfera marinha, além de técnicas eletroquímicas avançadas e uma equipe de 45 técnicos e pesquisadores que possibilitam atender o setor produtivo com competência e agilidade. Outra característica forte do laboratório é o atendimento customizado aos clientes, em especial nos casos de serviços tecnológicos especializados. Toda essa infraestrutura e capacitação técnica, associadas a um programa implantado de qualidade e de melhoria contínua, é que tornam o laboratório diferenciado.


Exemplos

Citações de alguns desenvolvimentos complementares e outras competências para os diversos setores produtivos:
  • Foi pioneiro nos estudos de corrosão atmosférica no Brasil;
  • É referência mundial no ensaio NACE TM0172 para avaliar a corrosividade de petróleo e derivados. Modificações feitas neste ensaio foram patenteadas e incorporadas à norma NACE;
  • Desenvolveu, em conjunto com o Centro de Pesquisas Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes) da Petrobras, uma metodologia inédita e equipamentos para avaliar corrosão por corrente alternada;
  • Desenvolveu protótipo de tanque para estudos de proteção catódica associada à presença de bactérias;
  • Por meio de ensaios em loops de corrosão, é referência na avaliação de técnicas não intrusivas para monitoramento da corrosão interna;
  • Na proteção contra a corrosão por meio de tintas, desenvolveu equipamento e metodologia para avaliação química e à fadiga de revestimentos para navios-tanques;
  • Tem um dos maiores laboratórios flutuantes do mundo instalado no litoral de São Paulo para estudos com revestimentos para exposição atmosférica offshore, revestimentos antiincrustantes e ligas de alta resistência à corrosão.
  • O Laboratório de Corrosão e Proteção do IPT também apoia a recuperação do patrimônio histórico nacional: foram executados trabalhos no Viaduto Santa Ifigênia, Viaduto do Chá, Catedral da Sé, Masp, Museu da Língua Portuguesa, Estação da Luz, Jardim Botânico do Rio de Janeiro e Catedral de Brasília.

 
Mais sobre esta unidade
 
Contato
  • Central de Relacionamento com o Cliente
  • ipt@ipt.br
    Tel.: (11) 3767-4000